Contos de Romancing SaGa: “Os Três Deuses do Mal” e “As Estátuas de Yucomb”

4 02 2012

Trago-vos, hoje, os contos sobre o fantástico mundo de Mardias, sob a narrativa do enigmático andarilho conhecido apenas como “The Minstrel” (ou “O Menestrel”), sua narrativa trás às nossas mentes um torrente de imagens que moldam seus relatos através de nossa imaginação.

Bom, agora que passou a empolgação, apresento a seguir algons trechos do jogo Romancing SaGa: Minstrel Song, que apesar de não considerar um jogo muito bom, eu adorei a maneira como eles manipulam as lendas do cenário, e como as passam para o jogador de um modo interessante, e sem ser casativo. Irei começar por alguns que dão uma introdução aos deuses do cenário.

Os Três Deuses do Mal

Há muitos séculos atrás​​, quando o mundo era jovem, existiam três deuses do mal: Death, Saruin e Schirach.
Death, o mais velho, governava o submundo e seu exército de mortos.
Seu irmão, Saruin, era o senhor da destruição e governador de tudo o que era mal.
Sua irmã, Schirach, reinava sobre a escuridão com seus formidáveis ​​poderes de magicos.
Juntos, os três comandaram uma horda de monstros contra a aliança dos deuses e seus filhos mortais.
As forças se encontraram em uma batalha furiosa.
O senhor dos deuses, Elore, criou as Fatestones e as deu ao herói Mirsa.
Os três deuses do mal foram derrotados, e Saruin foi preso pelo poder das Fatestones.
Mirsa deu a sua vida, mas o conto de Mirsa e as Fatestones se tornou uma lenda que nunca será esquecida.

As Estátuas de Yucomb

Eras atrás, Yucomb, o deus do mar, teve três filhas.
Elas sonhavam que um dia iriam emergir do mar e visitar a superfície.
Yucomb relutantemente concedeu os seus desejos, e permitiu que suas amadas filhas visitassem o seco reino da superfície.
Ele propôs que o retorno ao mar fosse antes do pôr do sol, e suas três filhas assim prometeram.
Tudo era novo na terra, e antes que eles percebessem, o crepúsculo estava se aproximando.
Elas cumpriram sua promessa e voltaram para o mar, mas no dia seguinte, pediram para ir novamente.
E assim a cada dia as três filhas se aventuraram na superfície, e antes do anoitecer voltavam para a segurança do mar, sem nunca falhar.
Passaram muitos dias explorando esse novo mundo, com nenhum incidente.
Mas no décimo dia, elas se depararam com três irmãos pescando.
Os pescadores se tornaram amigos das filhas de Yucomb, e tanto eles quanto elas apreciavam a companhia uns dos outros.
De repente, uma das filhas olhou para trás e, para seu horror, ela viu o sol mergulhando logo através do horizonte.
As três filhas partiram apressadamente, mas estavam muito atrasadas.
Tão logo a última luz do sol desapareceu, as suas pernas retornaram às suas formas verdadeiras.
Os irmãos não estavam muito atrás, e para sua surpresa, eles as viram com grandes caudas e nadadeiras.
As filhas, cobertas de vergonha, gritaram para Yucomb: “Ó Pai, por favor, nos transforme em pedra!”.
Yucomb ouviu o apelo de suas amadas filhas e concedeu o seu desejo.
As três foram subitamente transformadas em pequenas estátuas.
Os irmãos pegaram as estátuas e choraram em angústia. E em tristeza, devolveram as estátuas para o reino Yucomb no fundo do mar.
Após isso, os irmãos foram abençoados com redes cheias, e viveram o resto de suas vidas em felicidade.

Autor: Tom.

Narrador exigente, jogador desleixado, expectador empolgado e escritor preguiçoso :-). Desejo que possamos cooperar e compartilhar idéias e objetivos.

Anúncios

Ações

Information

Gostou? Odiou? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: